Sede dos Marujos
Se amavam com a sede dos marujos
lavando os olhos sujos
de mar e de embarcações

Se devoravam com a fome dos presídios
Com a festa dos sentidos
guardados em seus pulmões

O amor cheio de gula
Desvairado e febril
como a gente nunca viu

O amor cheio de fúria
tão selvagem que por mim
condenava não ter fim

Se adoravam
mas tanto, tanto, tanto
que eu já não me espanto
de um dia te amar assim.
Trecho, título ou autor:
De quem:
Nacionalidade:
Com solo de piano?:
(Escolha aleatória)
Título - Compositor ou intérprete
Iluminados (Ivan Lins) (com solo de piano)
Perfeição (Legião Urbana)
A vida tem sons (Roupa Nova)
Assim Caminha a Humanidade (Lulu Santos)
Açaí (Djavan) (com solo de piano)
Pedacinhos (Guilherme Arantes) (com solo de piano)
Time (Pink Floyd)
Lost in your eyes (Debbie Gibson)
Esmola (Skank)
O Nosso Amor A Gente Inventa (Cazuza)
Piston da Gafieira (Billy Blanco) (com solo de piano)
Teatro dos Vampiros (Legião Urbana)
I Like Chopin (Gazebo) (com solo de piano)
Mas que nada (Jorge Benjor) (com solo de piano)
Feitiço da Vila (Noel Rosa, Vadico)
Frevo Mulher (Zé Ramalho)
Smoke gets in your eyes (The Platters) (com solo de piano)
Take me now (David Gates) (com solo de piano)
Daquilo que eu sei (Ivan Lins) (com solo de piano)
Verde (Eduardo Gudin, Leila Pinheiro) (com solo de piano)