Piano bar com o pianista Elli Zen.

Tédio
Sabe esses dias em que horas dizem nada
E você nem troca o pijama, preferia estar na cama
O dia, a monotonia tomou conta de mim
É o tédio, cortando os meus programas, esperando o me fim

Sentado no meu quarto
O tempo voa
Lá fora a vida passa
E eu aqui a toa
Eu já tentei de tudo
Mas não tenho remédio
Pra livrar-me deste tédio

Vejo um programa que não me satisfaz
Leio o jornal que é de ontem , pois pra mim , tanto faz
Já tive esse problema, sei que o tédio é sempre assim
Se tudo piorar, não sei do que sou capaz

Tédio, não tenho um programa
Tédio, esse é o meu drama
O que corrói é o tédio
Um dia, eu fico sério
Me atiro deste prédio
Trecho, título ou autor:
De quem:
Nacionalidade:
Com solo de piano?:
(Escolha aleatória)
Título - Compositor ou intérprete
Canto de ossanha (Baden Powell, Vinícius de Moraes)
Morte de um deus de sal (Roberto Menescal, Ronaldo Bôscoli) (com solo de piano)
Flor de liz (Djavan) (com solo de piano)
Carinhoso (Pixinguinha) (com solo de piano)
Love me tender (Elvis Presley) (com solo de piano)
Eu te amo (Chico Buarque, Tom Jobim) (com solo de piano)
Escravo da Alegria (Toquinho, Vinícius de Moraes)
Killing Me Softly (Roberta Flack) (com solo de piano)
Holofotes (João Bosco)
Punk da Periferia (Gilberto Gil)
Vento no litoral (Legião Urbana) (com solo de piano)
Linger (Cramberries)
De Mais Ninguém (Marisa Monte, Arnaldo Antunes)
Eu queria ter uma bomba (Cazuza)
Incompatibilidade de gênios (João Bosco, Aldir Blanc) (com solo de piano)
Luiza (Tom Jobim) (com solo de piano)
Neném Mulher (Pinto do acordeon) (com solo de piano)
Qualquer Coisa (Caetano Veloso) (com solo de piano)
Alagados (Paralamas)
Apelo (Baden Powell, Vinícius de Moraes)