Piano bar com o pianista Elli Zen.

Canto de ossanha
O homem que diz dou, não dá
Porque quem dá mesmo não diz
O homem que diz vou, não vai
Porque quando foi, já não quis
O homem que diz sou, não é
Porque quem é mesmo é não sou
O homem que diz tô, não tá
Porque ninguém tá quando quer
Coitado do homem que cai
No canto de Ossanha traidor

Vai, vai, vai, não vou

Eu não sou ninguém de ir
Em conversa de esquecer
A tristeza de um amor que passou

Não, eu só vou se for pra ver
Uma estrela aparecer
Na manhã de um novo amor

Amigo senhor Saravá
Xangô me mandou lhe dizer
Se é canto de Ossanha não vá
Que muito vai se arrepender
Pergunte pro seu orixá:
- amor só é bom se doer

Vai, vai, vai, vai amar
Vai, vai, vai, vai sofrer
Vai, vai, vai, vai chorar
Vai, vai, vai, vai dizer

Que eu não sou ninguém de ir
Em conversa de esquecer
A tristeza de um amor que passou

Não, eu só vou se for pra ver
Uma estrela aparecer
Na manhã de um novo amor
Trecho, título ou autor:
De quem:
Nacionalidade:
Com solo de piano?:
(Escolha aleatória)
Título - Compositor ou intérprete
My mistake (Pholhas) (com solo de piano)
Vila do Sossego (Zé Ramalho)
Please Mr. Postman (Carpenters)
Tudo Azul (Lulu Santos) (com solo de piano)
A vida tem sons (Roupa Nova)
Serrado (Djavan)
Casa (Lulu Santos)
O morro não tem vez (Tom Jobim) (com solo de piano)
Planeta Sonho (Flávio Venturini)
Oceano (Djavan) (com solo de piano)
Equalize (Pitty)
Alagados (Paralamas)
La bohème (Charles Aznavour)
Hino da independência do Brasil (Dom Pedro I) (com solo de piano)
Pescador de ilusões (O Rappa)
Você não entende nada (Caetano Veloso)
Sonho de Ícaro (Biafra, Cláudio Rabello, Piska) (com solo de piano)
O Bêbado e a Equilibrista (Aldir Blanc, João Bosco)
Killing Me Softly (Roberta Flack) (com solo de piano)
Fullgás (Marina Lima, Antônio Cícero) (com solo de piano)