Folhetim
Se acaso me quiseres
Sou dessas mulheres
Que só dizem sim
Por uma coisa à toa
Uma noitada boa
Um cinema, um botequim

E, se tiveres renda
Aceito uma prenda
Qualquer coisa assim
Como uma pedra falsa
Um sonho de valsa
Ou um corte de cetim

E eu te farei as vontades
Direi meias verdades
Sempre à meia luz
E te farei, vaidoso, supor
Que é o maior e que me possuis

Mas na manhã seguinte
Não conta até vinte
Te afasta de mim
Pois já não vales nada
És página virada
Descartada do meu folhetim
título ou autor:
Trecho da letra:
De quem:
Nacionalidade:
Com solo de piano?:
(Escolha aleatória)
Título - Compositor ou intérprete
Pare (Zeze di Camargo e Luciano)
Casa (Lulu Santos)
Honey honey (Abba)
Firmamento (Cidade Negra)
Knife (Rockwell)
Lately (Stevie Wonder)
All ask of you (Andrew LloydWebber, Charles Hart)
In my life (The Beatles)
Volta pra mim (Roupa nova)
A paz (Zizi Possi, Gilberto Gil)
Autumn leaves (Joseph Kosma, Jacques Prévert, Jonny Mercer)
Beija-Flor (Timbalada)
Meditação (Newton Mendonça, Tom Jobim)
Vai passar (Francis Hime, Chico Buarque)
Vou deixar (Skank)
É Proibido Fumar (Roberto Carlos, Erasmo Carlos)
Hey you (Pink Floyd)
Menina veneno (Ritchie)
Teorema (Legião Urbana)
Luiza (Tom Jobim)