Piano bar com o pianista Elli Zen.

O Bêbado e a Equilibrista
Caía a tarde feito um viaduto
E um bêbado trajando luto me lembrou Carlitos
A lua, tal qual a dona do bordel
Pedia a cada estrela fria um brilho de aluguel

E nuvens, lá no mata-borrão do céu
Chupavam manchas torturadas, que sufoco
Louco, o bêbado com chapéu-coco
Fazia irreverências mil pra noite do Brasil, meu Brasil

Que sonha com a volta do irmão do Henfil
Com tanta gente que partiu num rabo-de-foguete
Chora a nossa pátria, mãe gentil
Choram Marias e Clarisses no solo do Brasil

Mas sei, que uma dor assim pungente
Não há de ser inutilmente, a esperança
Dança na corda bamba de sombrinha
E em cada passo dessa linha pode se machucar
Azar, a esperança equilibrista
Sabe que o show de todo artista tem que continuar
Trecho, título ou autor:
De quem:
Nacionalidade:
Com solo de piano?:
(Escolha aleatória)
Título - Compositor ou intérprete
More than words (Extreme)
Canto de ossanha (Baden Powell, Vinícius de Moraes)
I feel good (James Brown)
Passerà (Renato russo)
When you wish upon the star (Leigh Harline, Ned Washington, Walt Disney) (com solo de piano)
Noites Cariocas (Jacob do Bandolim) (com solo de piano)
My way (Frank Sinatra) (com solo de piano)
You Make Me Feel Brand New (Simply Red)
Sampa (Caetano Veloso) (com solo de piano)
My girl (Temptations)
In my life (The Beatles) (com solo de piano)
Espumas ao vento (Accioly Neto) (com solo de piano)
White Christmas (Natal branco) (Irving Berlin) (com solo de piano)
Smile (Charles Chaplin) (com solo de piano)
O morro não tem vez (Tom Jobim) (com solo de piano)
Tudo Azul (Lulu Santos) (com solo de piano)
Ele está pra chegar (Roberto Carlos, Erasmo Carlos) (com solo de piano)
Você e eu (Carlos Lyra, Vinícius de Moraes) (com solo de piano)
Punk da Periferia (Gilberto Gil)
Meu caro amigo (Chico Buarque)