Piano bar com o pianista Elli Zen.

Corsário
Fiz ranger as folhas de jornal
Abrindo-lhes as pálpebras piscantes
E logo de cada fronteira distante
Subiu um cheiro de pólvora
Perseguindo-me até em casa
Nesses últimos vinte anos
Nada de novo há no rugir das tempestades
Não estamos alegres, é certo
Mas porque razão haveríamos de ficar tristes?
O mar da história é agitado.
As ameaças e as guerras
Havemos de atravessá-las, rompê-las ao meio
Cortando-as como uma quilha corta as ondas
(Poema de: Maiakovski/ Tradução: Emilio Carrera Guerra)

Meu coração tropical está coberto de neve
Mas ferve em seu cofre gelado
A voz vibra e a mão escreve mar

Bendita lâmina grave que fere a parede
E traz as febres loucas e breves
Que mancham o silêncio e o cais

Roseirais, Nova Granada de Espanha
Por você, eu, teu corsário preso
Vou partir a geleira azul da solidão
E buscar a mão do mar
Me arrastar até o mar
Procurar o mar

Mesmo que eu mande em garrafas
Mensagens por todo o mar
Meu coração tropical partirá esse gelo e irá
Como as garrafas de náufragos e as rosas partindo o ar
Nova Granada de Espanha e as rosas partindo o ar
Trecho, título ou autor:
De quem:
Nacionalidade:
Com solo de piano?:
(Escolha aleatória)
Título - Compositor ou intérprete
Hino da independência do Brasil (Dom Pedro I) (com solo de piano)
Time after time (Cindy Lauper)
Qualquer Coisa (Caetano Veloso) (com solo de piano)
Alagados (Paralamas)
Careless Whisper (George Michael) (com solo de piano)
As baleias (Roberto Carlos, Erasmo Carlos)
O Bêbado e a Equilibrista (Aldir Blanc, João Bosco)
New York, New York (Frank Sinatra)
Moment in time (Whitney Houston)
Lança Perfume (Rita Lee) (com solo de piano)
Trem das cores (Caetano Veloso) (com solo de piano)
Independência (Capital Inicial)
Caleidoscópio (Paralamas)
O morro não tem vez (Tom Jobim) (com solo de piano)
When you wish upon the star (Leigh Harline, Ned Washington, Walt Disney) (com solo de piano)
Danúbio azul (Johann Strauss II)
Smooth Operator (Sade)
Feliz (Gonzaguinha)
Carinhoso (Pixinguinha) (com solo de piano)
La bohème (Charles Aznavour)