Piano bar com o pianista Elli Zen.

Esquinas cruéis
De longe se vê sua imagem,
Sua tatuagem, seu jeito de andar
Olhar de menina, corpo de mulher
Pros homens um vício qualquer.
Sem eira nem beira de qualquer maneira
Se esconde entre brincos, colares e anéis
Escrava da sorte de esquinas cruéis.

Conhece os normais e os doentes
De tão diferentes parecem iguais
Pois pagam seu preço, desfrutam seu corpo
Confundem prazer com amor
No seu dia-a-dia, a mesma agonia

Vender pra ganhar, pra chorar, pra sofrer
Contrariando a vida, pra aos poucos morrer.

Você tem um preço mais alto,
E Deus lá do alto um dia já pagou
Desceu de sua glória, morreu numa cruz
Pra levar de uma vez suas lágrimas
O amor mais sincero, a paz sem limites
E em meio às tristezas, promessas fiéis
É Cristo em sua vida quebrando os cordéis
Pra te dar vida livre de esquinas cruéis
Vem arrependida viver a seus pés.
Trecho, título ou autor:
De quem:
Nacionalidade:
Com solo de piano?:
(Escolha aleatória)
Título - Compositor ou intérprete
O Bêbado e a Equilibrista (Aldir Blanc, João Bosco)
Aquarela do Brasil (Ary Barroso) (com solo de piano)
Jade (João Bosco)
Andréa Doria (Legião Urbana) (com solo de piano)
Honey honey (Abba) (com solo de piano)
Every Time You Go Away (Paul Young)
Ideologia (Cazuza)
Forever Young (Alphaville)
Noites Cariocas (Jacob do Bandolim) (com solo de piano)
Fogo e paixão (Wando)
Passerà (Renato russo)
Eu queria ter uma bomba (Cazuza)
Scrivimi (Renato Russo)
Primavera (Carlos Lyra) (com solo de piano)
Meu caro amigo (Chico Buarque)
Mas que nada (Jorge Benjor) (com solo de piano)
Just The Way You Are (Billy Joel) (com solo de piano)
Apelo (Baden Powell, Vinícius de Moraes)
If You Leave Me Now (Chicago) (com solo de piano)
Todas as noites (Capital Inicial)