Piano bar com o pianista Elli Zen.

Esquinas cruéis
De longe se vê sua imagem,
Sua tatuagem, seu jeito de andar
Olhar de menina, corpo de mulher
Pros homens um vício qualquer.
Sem eira nem beira de qualquer maneira
Se esconde entre brincos, colares e anéis
Escrava da sorte de esquinas cruéis.

Conhece os normais e os doentes
De tão diferentes parecem iguais
Pois pagam seu preço, desfrutam seu corpo
Confundem prazer com amor
No seu dia-a-dia, a mesma agonia

Vender pra ganhar, pra chorar, pra sofrer
Contrariando a vida, pra aos poucos morrer.

Você tem um preço mais alto,
E Deus lá do alto um dia já pagou
Desceu de sua glória, morreu numa cruz
Pra levar de uma vez suas lágrimas
O amor mais sincero, a paz sem limites
E em meio às tristezas, promessas fiéis
É Cristo em sua vida quebrando os cordéis
Pra te dar vida livre de esquinas cruéis
Vem arrependida viver a seus pés.
Trecho, título ou autor:
De quem:
Nacionalidade:
Com solo de piano?:
(Escolha aleatória)
Título - Compositor ou intérprete
Autor da minha fé (Grupo Elo, Paulo Cezar da Silva) (com solo de piano)
O morro não tem vez (Tom Jobim) (com solo de piano)
Sábado à noite (Cidade Negra)
Dindi (Tom Jobim) (com solo de piano)
Careless Whisper (George Michael) (com solo de piano)
Going under (Evanescence)
Dois Rios (Skank) (com solo de piano)
Question (System of a Down)
My heart will go on (Celine Dion)
Teatro dos Vampiros (Legião Urbana)
Honey honey (Abba) (com solo de piano)
Um a Zero (Pixinguinha) (com solo de piano)
Ao que vai chegar (Toquinho, Mutinho) (com solo de piano)
Eva (Rádio Taxi)
Georgia On My Mind (Ray Charles)
Rosa (Pixinguinha) (com solo de piano)
Bom natal (Edson Borges) (com solo de piano)
Hey you (Pink Floyd)
Cartomante (Ivan Lins) (com solo de piano)
Feitiço da Vila (Noel Rosa, Vadico)