Chega de saudade
Vai minha tristeza, e diz a ela
Que sem ela não pode ser
Diz-lhe numa prece, que ela regresse
Porque eu não posso mais sofrer

Chega de saudade, a realidade
É que sem ela não há paz, não há beleza
É só tristeza e a melancolia
Que não sai de mim, não sai de mim, não sai

Mas se ela voltar, se ela voltar
Que coisa linda, que coisa louca
Pois há menos peixinhos a nadar no mar
Do que os beijinhos que eu darei na tua boca

Dentro dos meus braços, os abraços
Hão de ser milhões de abraços
Apertados assim, colado assim, calado assim
Abraços e beijinhos, e carinhos sem ter fim

Que é pra acabar com esse negócio
De você viver sem mim
Não quero mais esse negócio
De você longe de mim
Vamos deixar esse negócio
De você viver sem mim
Trecho, título ou autor:
De quem:
Nacionalidade:
Com solo de piano?:
(Escolha aleatória)
Título - Compositor ou intérprete
Semente do Amanhã (Gonzaguinha)
Coming around again (Carly Simon)
Aprender a amar (Sandy e Júnior)
Forever by your side (Manhattans)
O que é que há (Fábio Júnior)
Todas as noites (Capital Inicial)
Ideologia (Cazuza)
That I would be good (Alanis Morissette)
What if God was one of us (Alanis Morissette)
Hard To Say I'm Sorry (Chicago, David Foster, Peter Cetera, Robert Lamm)
Passarim (Tom Jobim)
From This Moment On (Shania Twain)
Dindi (Tom Jobim, Aloysio de Oliveira, Sylvia Telles, Ray Gilbert)
Todo sentimento (Chico Buarque, Cristóvão Bastos)
Você (Roberto Menescal)
Please Mr. Postman (Carpenters)
Olha (Roberto Carlos, Erasmo Carlos)
Garota de Ipanema (Tom Jobim, Vinícius de Moraes)
Oceano (Djavan)
Triste (Tom Jobim)